Home Notícias Cpis Rede de atendimento a crianças e adolescentes vítimas de violência sexual não consegue corresponder à demanda
 
Notícias
Rede de atendimento a crianças e adolescentes vítimas de violência sexual não consegue corresponder à demanda PDF Imprimir
Juvenal Pereira
Neide Castanha
Neide Castanha considera indispensável a intersetorialidade nas políticas públicas de enfrentamento à violência sexual infanto-juvenil

 

Incapacidade em atender à demanda, falta de capacitação técnica dos profissionais que trabalham na rede e poucos investimentos em prevenção. Esses são alguns problemas na rede de atendimento a crianças e adolescentes vítimas de violência sexual verificados em relatório da assessoria técnica da CPI da Pedofilia e Enfrentamento à Violência Infanto-Juvenil. O texto, apresentado na reunião desta quinta-feira (05/11), analisou qualitativa e quantitativamente as informações à disposição da CPI e vai contribuir na redação do relatório final.
 
O relatório da assessoria consolidou dados da rede de atendimento (composta de órgãos como os Centros de Referência da Assistência Social e as próprias Unidades Básicas de Saúde) colhidos em oito meses de atividades da CPI, que já agrupou três volumes de documentos escaneados, além das notas taquigráficas, das apresentações de especialistas e do quadro de controle de ofícios encaminhados. Ainda segundo o documento, não há um diagnóstico oficial da violência sexual infanto-juvenil na cidade.
 
“Quero destacar a qualidade do trabalho feito pela assessoria técnica da CPI. No momento que eles fazem o cruzamento desses dados, a gente já tem uma ideia final daquele relatório que vai apontar propostas, deficiências, mas que vai fazer uma amarração no Orçamento para a gente tenha a garantia efetiva das políticas públicas que vão enfrentar a violência sexual na nossa cidade, com qualidade de informação e muita vontade política”, declara o vereador Carlos Alberto Bezerra Jr. (PSDB), que apresentará seu relatório final na próxima reunião da CPI.
 
“Criança também é sujeito de direitos”
 
A presidente do Comitê Nacional do Enfrentamento à Violência Sexual contra a Criança e o Adolescente, Neide Castanha, compareceu à reunião para prestar subsídios. “Essa CPI não é para satisfazer a nossa volúpia punitiva. A perspectiva do Comitê é que estamos diante de um problema que diz respeito a todos”, afirmou durante sua fala.
 
Neide fez uma retrospectiva histórica das conquistas da política de enfrentamento à violência sexual infanto-juvenil, garantiu que só a punição não resolve o problema, defendeu um enfoque intersetorial dos planos municipais e uma política de educação sexual. “A gente acha que criança não tem que ter educação sexual nem conhecer a sua sexualidade.”
 
De acordo com a presidente do Comitê, os planos municipais de enfrentamento existentes no país ficam no papel pela falta de Orçamento próprio para eles. Também observou que o serviço Disque 100 (da Secretaria Especial dos Direitos Humanos da Presidência da República) deixa a desejar e considerou indispensável um conjunto de precauções que se deve ter com a condução das denúncias. O Disque 100 recebe denúncias de abuso sexual contra menores. “É muito perigoso você encorajar a exposição pública das situações, sem a responsabilidade correspondente. Nenhum plano municipal, sem um canal de denúncia extremamente protegido vai funcionar”, acrescentou.
 
“Crianças e adolescentes são homens e mulheres, apesar de pequenininhos. Ela é uma pessoa sujeita de direitos. A criança tem o direito de desenvolver a sexualidade de forma sadia e protegida”, conclui Neide Castanha.
 
Estiveram presentes à reunião da CPI, no Plenário Primeiro de Maio, os vereadores Marcelo Aguiar (PSC), presidente; Carlos Alberto Bezerra Jr., relator; Netinho de Paula (PCdoB); e Floriano Pesaro (PSDB).



Imagens para download:
 
Juvenal Pereira
CPI da Pedofilia
CPI vai apresentar o relatório final na próxima reunião
Juvenal Pereira
Neide Castanha
Canais de denúncia devem ser bem protegidos, entende Neide Castanha
Juvenal Pereira
CPI da Pedofilia
Relatório da assessoria técnica da CPI reuniu dados das diligências e das reuniões
Powered by Web Agency
 
 
 
 

Câmara Municipal de São Paulo
Palácio Anchieta
Viaduto Jacareí, 100 - Bela Vista - São Paulo - SP - CEP 01319-900
Telefone: 3396-4000