Dados Abertos e Transparência na Cidade de São Paulo

CPF SESC-SP
Este curso é parte dos Diálogos CPF/SESC-SP e Escola do Parlamento

Objetivos: Apresentar as principais iniciativas de transparência no poder público municipal, sua utilização pela sociedade civil, tanto no aspecto de fiscalização e controle social como em pesquisa acadêmica, e o impacto que essa nova cultura de transparência e acesso a dados promove na sociedade e na cultura.

Diretor Responsável: Ilza Jorge

Coordenação: Daniela Ribas

Vagas: 100

Carga Horária: 10h

Público Alvo: Servidores públicos, membros da sociedade civil organizada, estudantes e munícipes em geral interessados no tema.

Programação:

Data/Hora Sala Palestrante Tema
17/05

19h30-21h30

Auditório Prestes Maia (Plenarinho) Manoel Galdino (Transparência Brasil)

Thomaz Barbosa (Controladoria Geral do Município)

Lei de Acesso à Informação e Transparência [Vídeo 1] [Vídeo 2]
22/05

19h30-21h30

Auditório Prestes Maia (Plenarinho) Ariel Kogan  (Open Knowledge Brasil)

Marcos Silveira ou Patrícia Tavares (Datapedia)

Desafios de se trabalhar com dados públicos municipais [Vídeo]
24/05

19h30-21h30

Auditório Prestes Maia (Plenarinho) Flávio Munhoz (Portal CMSP)

Tomas Wissenbach (GEOSAMPA)

Transparência nos dados abertos na cidade de São Paulo
29/05

19h30-21h30

Auditório Prestes Maia (Plenarinho) Sérgio Martins (Compactus Consultoria) Dados Abertos na Cultura
31/05

19h30-21h30

Auditório Prestes Maia (Plenarinho) Luciana Piazzon B. Lima (Cetic.br) As tecnologias da informação e as práticas culturais

Bibliografia:

Angélico, Fabiano Lei de acesso à informação pública e seus possíveis desdobramentos para a accountability democrática no Brasil, dissertação de mestrado FGV/SP, 2012.

Lei de Acesso à Informação Pública, in http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2011-2014/2011/lei/l12527.htm

Pesquisa Tecnologia da Informação e Comunicação – Cultura – http://cetic.br/pesquisa/cultura