Sessão Solene comemora o Dia Mundial do Rotaract

Sessão Solene comemora o Dia Mundial do Rotaract
Foto: André Bueno / CMSP

 

Vereador Gilson Barreto (PSDB)

DA REDAÇÃO

Os presidentes dos clubes rotaractianos de São Paulo foram homenageados neste sábado (18/3), na Câmara de São Paulo, em comemoração ao Dia Mundial do Rotaract. A solenidade foi uma iniciativa do vereador Gilson Barreto (PSDB).

Os clubes Rotaract fazem parte da organização do Rotary Club e reúnem jovens de 18 a 30 anos que realizam projetos sociais em comunidades. “Para mim, ser rotaractiano é uma forma de colocar aquilo que aprendi profissionalmente e em prol da comunidade”, disse Hamilton Paixão, representante da distrital 4.430 do Clube Rotaract, na Vila Formosa.

Emy Murakami, presidente do distrito 4.430, na Liberdade

O Dia Mundial do Rotaract, comemorado anualmente em 13 de Março, lembra a data de fundação do primeiro clube na Carolina do Norte (EUA), em 1968. Nesses 49 anos, o Rotaract somou quase 8 mil clubes em 158 países, com aproximadamente 175 mil jovens. É atualmente uma das maiores e mais importantes organizações humanitárias do mundo e é membro da Organização das Nações Unidas (ONU).

Os presidentes dos 62 clubes existentes em São Paulo e região metropolitana foram homenageados durante a solenidade. “Para nós é uma honra receber esta homenagem, às vezes acreditamos que estamos realizando coisas pequenas, e quando recebemos este reconhecimento vemos que nosso trabalho tem uma grande importância”, agradeceu a presidente do distrito 4.430, na Liberdade, Emy Murakami.

Thomas Peter Payne, presidente do distrito 4.610, em Itapecerica da Serra

“Mais do que uma honra, porque não trabalhamos pelos louros, mas pelo servir, pelo companheirismo e para ajudar de alguma forma nossa comunidade e a sociedade”, disse Thomas Peter Payne, presidente do distrito 4.610, em Itapecerica da Serra.

O vereador Gilson Barreto destacou a importância de reconhecer o papel que os jovens desempenham na sociedade. “Para a Câmara Municipal de São Paulo é uma satisfação, porque na realidade é uma instituição que prepara os jovens para o futuro. Líderes para amanhã assumir o nosso lugar e poder comandar este Brasil”, afirmou.

Veja também