Cuidador deve ficar atento aos 5 pilares da atenção ao idoso

Luiz França/CMSP

O curso lotou o auditório Prestes Maia da Câmara

ELDER FERRARI
DA WEB RÁDIO CÂMARA

A Câmara Municipal de São Paulo sediou nesta quinta-feira (30/11) a última edição de 2017 do curso gratuito Boas Práticas para a Atenção à Pessoa Idosa, que tem o apoio do vereador Gilberto Natalini (PV). O curso, que capacita cuidadores e familiares de idosos, está baseado em cinco pilares que, se respeitados, garantem qualidade de vida ao idoso.

A psicóloga Márcia Chorro dos Santos, uma das responsáveis pelo curso, diz que esses pilares constroem um alicerce de capacitação que permite a atuação desse cuidador.

“Os pilares são o sono, a alimentação, a hidratação, o processo de excreção, e o lazer ou prazer. Qualquer um desses pilares que ceda, seja corroído por alguma doença ou um mal estar, vai desequilibrar essa plataforma e aí todo o processo do cuidado é comprometido.”

O curso, que é gratuito, capacita cuidadores de idosos, mas também qualquer pessoa que tenha a necessidade de cuidar de pessoas com idade avançada. Maria Elizabeth Bueno Vasconcelos, outra responsável pelo curso, revelou que ele atende a um público bem variado.

“Quando nós começamos o curso, visávamos os cuidadores familiares, mas outros profissionais nos procuraram, como por exemplo, estudantes de nutrição, e até uma garota de 17 anos que quis fazer o curso para cuidar da mãe doente.”

Marcia da Ascenção Ocampo participou do curso pela primeira vez com o objetivo de cuidar do pai dela que está com 80 anos. Ela diz que pretende continuar cuidando de idosos.

“O principal problema dele é pulmonar, por causa do cigarro. Mas ele acha que não e atribui os problemas de saúde à idade. É por isso que estou fazendo o curso e pretendo ajudar mais idosos.”

Lais Silva também fez o curso pela primeira vez  para cuidar da mãe, que está com 79 anos e apresenta sintomas de Alzheimer. Ela também disse que pretende seguir a profissão de cuidadora de idosos.

“Eu estou nessa área há mais de três anos, mas eu não tenho o certificado. Eu gosto de cuidar de idosos, é uma área que eu quero me especializar.”

O curso gratuito Boas Práticas para a Atenção à Pessoa Idosa vai continuar acontecendo na Câmara Municipal de São Paulo a partir de março do ano que vem.  Mais informações você pode obter aqui.

 

Deixe uma resposta:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também