Câmara de SP aprova em primeira votação projeto sobre pichação

DA ASSESSORIA DE IMPRENSA

Os vereadores da Câmara Municipal de São Paulo aprovaram em primeira votação, nesta sexta-feira (10/02), o PL 56/2005, do vereador Adilson Amadeu (PTB), que trata da pichação na capital.  No total, foram registrados 37 votos favoráveis à proposta e 3 votos contrários. Antes disso, também em plenário, outros três textos substitutivos que alteravam a proposta original foram rejeitados pelas Comissões Permanentes da Casa, que fizeram uma reunião conjunta.

No total foram mais de seis horas de debate sobre o projeto, contando o tempo da Sessão Extraordinária e do Congresso de Comissões. O PL 56/2005 ainda precisa ser aprovado em uma segunda votação antes de seguir para sanção do prefeito João Doria Jr.(PSBD).

Uma audiência pública para debater junto com a população a proposta já foi marcada para terça-feira (14/02). A reunião pública convocada pela Comissão de Constituição, Justiça e Legislação Participativa ocorrerá às 10h, no Plenário 1º de Maio – 1º andar do Palácio Anchieta.

Durante a sessão plenária desta sexta-feira, a vereadora Juliana Cardoso (PT) foi ao microfone denunciar a invasão da reunião do partido por assessores do vereador Fernando Holiday (DEM). A apuração inicial da Polícia Militar diz que não houve agressão física, mas todos os envolvidos ainda serão ouvidos. A Presidência da Câmara tomará todas as medidas necessárias para resolver o lamentável ocorrido.